Pages

8 de janeiro de 2014

10 MESES! E A SAUDADE SÓ AUMENTA!


Oi, leitores nossos, boa noite!

Suzana aqui novamente!

Dani e Bastinho me pediram e cá estou eu, mais uma vez...

Achei, há dez meses, que esses dias tão adiante do acontecido chegariam com menos dores, menos sofrimento... Não chegaram... Hoje a saudade está desmedida, a falta dele grita nas nossas silenciosas horas de choro... 

A cabeça diz e a razão entende que nada mais será como antes, que nosso encontro agora só acontecerá no outro plano! Mas o coração não assimila e a emoção deságua pelos olhos...
Depois de um Natal relativamente tranquilo, com uma desfalcada alegria de reunir a família e de um revéillon faltando parte do que nos esperançava, iniciamos um ano como nunca imaginamos... 

Nossa luta é imensa para que nossa fé não fique abalada. Brigamos com nossas tristezas e valorizamos bastante nossas lembranças alegres... 

Em algum momento de nossas vidas (acredito, espero, sei que vai acontecer!!!) não haveremos mais de sangrar de tanta saudade... 
Esta será amenizada pelo aprendizado de tantas lições de amor que Ricardinho nos deu... E deixaremos nosso egoísmo de lado, iremos parar de lamber nossas feridas, não sentiremos mais auto-piedade. Iremos perceber que não apenas nós éramos merecedores da presença física dele... Anjos são maiores do que nosso pequeno entendimento... Suas asas não cabem só nessa terra!

Voa alto, nosso pequeno anjo!

E, mais uma vez, e sempre, perdoe as nossas lágrimas e não deixe que elas atrapalhem seu lindo vôo celestial...

E esse seu sorriso nunca sairá dos nossos corações...

Bjo de luz pra vc, anjo sorridente...

Serginho e Ricardinho num Feliz Natal em família!

6 comentários:

  1. Nossa família nunca usou, nem praticou, a palavra luto. Perdemos nossa mãe, e avó de Ricardinho, Maria do Céu. Agora nosso menino-anjo. Luto é uma palavra muito escura para esses dois seres ( Mamãe e Ricardinho), que só iluminaram nossas vidas e cujas luzes hoje clareiam nossa saudade. Tanto faz ser dez meses como 18 anos, que é o numero de anos que estamos sem nossa Ceuzinha entre nós. Tanto faz. A saudade é grande do mesmo jeito. Ricardinho faz falta todo dia em nossas vidas. Seu sorriso, sua risada, suas 'tiradas' inteligentes e sua caracteristica de planejar tudo...a gente sente saudade de tudo. Sabe o que me conforta? Saber que ele não está só. Nunca esteve. Mesmo antes de ir, sua avó já o esperava. Ela o acolheu, estava ao seu lado quando ele acordou e apenas hoje moram em cidades diferentes, mas bem pertinho um do outro. É que Ceuzinha faz uns trabalhos num local e Ricardinho noutro. Mas sempre se encontram. Fico a imaginar os assuntos que falam da gente quando estão juntos. Devem rir, chorar. Como a gente faz. E comentam: "como essa famila é unida, chorosa e engraçada". Como os dois são. Sou muito privilegiada. Vim filha de Ceuzinha e tia de Ricardinho. E pretendo, quando chegar minha hora, seguir o mesmo caminho da luz para estar ao lado deles.

    É assim que alimento minha alma. É assim que a saudade é amenizada.
    Suerda.

    ResponderExcluir
  2. Olá! Faz tempo que leio o blog, torci pelo Ricardo, vibrei com as conquistas, chorei tb...
    Em agosto de 2013 perdemos nosso Ricardo tb...Uma dor lancinante, que nunca passa...Tentamos tb não chorar e recordar as boas lembranças, para não atrapalhá-lo no outro plano, mas não é fácil.
    Força para todos. Grande beijo, Eliane.

    ResponderExcluir
  3. Linda homenagem.Que os anjos estejam ao seu redor.Amém.

    ResponderExcluir
  4. Prazer, Eliane! Eu sou Ana e também acompanho o blog há muito tempo. Sempre me encanto com a força que passa por aqui. Ele reúne pessoas como você e eu, desconhecidas compartilhando um sentimento de perda. Ou de ganho, se pensarmos no que as pessoas amadas que nos deixaram ganharam e nos fizeram também ganhar. Sim, porque não podemos dizer que não crescemos como ser humano com nossas perdas. O que precisamos agora, creio, é tocarmos nossas vidas aplicando o que aprendemos com as pessoas que amamos e precisaram partir. Acho que essa é maior forma de mantê-los entre nós. Eu penso em Ricardo todos os dias. Pela manhã e à noite. Nas minhas orações, sempre rezo por ele e agradeço por nos ter ensinado tanto. E assim vamos vivendo. Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Hoje venho aqui para parabenizar Daniela Linhares pelo seu aniversário. Ainda bem que Deus nos tirou Ricardo mas nos presenteou com esse ser maravilhoso para amenizar o vazio que ficou em nossas vidas. A você Dani, que esteve do nosso lado na jornada que enfrentamos, desejamos que consiga uma vida de paz, saude e realizações. Principalmente tente viver com intensidade, pois temos certeza que é a vontade de Ricardo no outro plano de sua vida. Amamos você minha querida. Beijos

    ResponderExcluir
  6. Venho aqui por causa do dia 8. Mais uma vez, mais um dia 8, como outros que virão. Espero que estejam todos bem. Abraços!

    ResponderExcluir